metropoles.com

Associação de Cardiologia dá receita para evitar 100 milhões de mortes

Entidade, que congrega cardiologistas dos Estados Unidos, afirma que o caminho é eliminar gordura trans e controlar sal e pressão

atualizado

Compartilhar notícia

Divulgação OMS
gordura trans_oms
1 de 1 gordura trans_oms - Foto: Divulgação OMS

A Associação Americana do Coração (AHA, em inglês) divulgou um estudo apontando três mudanças de rotina que podem ajudar a evitar mais de 100 milhões de mortes prematuras causadas por doenças cardiovasculares nos próximos 25 anos.

Segundo a publicação da entidade, reduzir o consumo de sódio, eliminar a gordura trans da alimentação e manter o controle mais rígido da pressão arterial são medidas simples, porém bastante eficazes. Para os pesquisadores, seria necessário uma redução de pelo menos 30% no consumo de sódio, o que já resultaria em 40 milhões de mortes a menos. Em relação aos alimentos com gordura trans, o estudo indica que a eliminação do componente industrial reduziria quase 15 milhões de mortes nos próximos anos.

Para Goodarz Danaei, um dos autores do estudo, criar mecanismos para controlar a pressão arterial das populações ao redor do mundo talvez seja a mudança mais factível, porque já existem remédios e programas de governo disponíveis para isso. Em relação a diminuição do sódio e da gordura trans, ele afirmou que esses objetivos são mais difíceis porque envolvem mudanças específicas de legislação.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) quer eliminar a adição de gordura trans nos alimentos até 2023, medida que já foi aprovada em pelo menos 28 países. Esse componente é responsável por aumentar o risco de doenças cardíacas em 21% e as mortes em 28%, conforme dados da OMS.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações