Assistir TV ou mexer no celular de luz apagada é ruim para os olhos?

Presidente da Sociedade Brasiliense de Oftalmologia diz que prática não afeta a visão, mas é preciso manter a hidratação dos olhos

atualizado 28/09/2021 16:25

Mulher olha o celular à noiteAdam Hester/Getty Images

Ver televisão no escuro é um hábito comum entre os brasileiros, e a sabedoria popular dita que o costume pode fazer mal à vista. Nada tema: de acordo com os especialistas, a prática não causa doenças oftalmológicas. Segundo os médicos, os olhos se ajustam aos ambientes com baixa luminosidade. Porém, mesmo com o foco e a definição em conformidade com a pouca luz, alguns sintomas como dor de cabeça e cansaço nos olhos ainda podem acontecer quando estamos expostos apenas à luz da TV.

A recomendação do presidente da Sociedade Brasiliense de Oftalmologia (SBrO), Francisco Porfírio, é manter uma certa distância do aparelho, além de reforçar a hidratação dos olhos. “O que acontece na hora em que estamos assistindo televisão de luz apagada é que forçamos a visão, e isso não causa doenças e nem piora nenhuma condição oftalmológica preexistente. O que nós recomendamos é que se mantenha uma distância da TV e procure sempre aumentar a quantidade de piscadas para umidificar os olhos”, explicou o oftalmologista.

Para evitar a síndrome do olho seco, que é a diminuição na produção de lágrimas, Porfírio sugere ainda o uso de colírios para manter a hidratação. Além do remédio, a recomendação é fazer uma pausa a cada 40 minutos enquanto se vê televisão e utilizar, se possível, umidificador de ar no ambiente, especialmente no tempo mais seco.

Celular no escuro

O uso de aparelhos celulares no escuro ou em ambientes de baixa luminosidade segue a mesma lógica de se assistir TV com as luzes apagadas.

Segundo o presidente da SBrO, muitas pessoas acreditam que a luz azul pode causar danos aos olhos. “Não se tem nenhum estudo ou trabalho comprovando que usar o celular à noite, no escuro, cause danos aos olhos. É claro que a recomendação é voltada à saúde dos olhos e, por isso, sugerimos não deixar a luz do celular muito baixa. O ideal é não forçar muito a visão”, recomenda o médico.

Últimas notícias