Argentina vacinará adolescentes brasileiros em fronteiras terrestres

Medida anunciada nesta quarta (27/10) alcança menores de 18 anos de qualquer nacionalidade que entrarem no país por rodovias

atualizado 27/10/2021 13:06

Angelica Reyes/Unsplash

O governo da Argentina anunciou, nesta quarta-feira (27/10), que irá vacinar turistas menores de 18 anos nas fronteiras terrestres do país, incluindo brasileiros. A ministra da Saúde do país, Carla Vizzotti, afirmou, em entrevista coletiva, que há estoque suficiente, e que não faltarão imunizantes para os argentinos.

Temos disponibilidade de vacinas para imunizar os turistas que entrarem no país e para as estratégias de vacinação de províncias limítrofes, com vacinação nas fronteiras. A medida é fundamentalmente para os menores de 18 anos, aqueles que vão poder entrar sem a vacinação por turismo”, disse.

Adultos só podem entrar no país com confirmação de que já receberam as duas doses das vacinas contra a Covid-19 a pelo menos 14 dias. O governo argentino espera ainda que a decisão estimule o “turismo da vacina”, atraindo visitantes para conhecer o país.

O que se sabe sobre a vacinação de adolescentes contra Covid-19

0

Matías Lammens, ministro do Turismo do país, anunciou ainda que não será mais necessário fazer um exame de PCR cinco a sete dias após a chegada no país — agora, só é exigido o teste até 72h antes do embarque.

Mais lidas
Últimas notícias