metropoles.com

Bebê de 2 anos morre no interior de SP após ser picado por cascavel

Garoto estava em acampamento para pescar com a família quando foi atacado; pai matou a cobra e levou bebê ao hospital, mas ele não resistiu

atualizado

Compartilhar notícia

Reprodução/Redes Sociais
foto colorida do menino Gael Henry Jesus Ribeiro. 2 anos, que morreu após ser picado por uma cascavel em Panorama, região de Presidente Prudente - Metrópoles
1 de 1 foto colorida do menino Gael Henry Jesus Ribeiro. 2 anos, que morreu após ser picado por uma cascavel em Panorama, região de Presidente Prudente - Metrópoles - Foto: Reprodução/Redes Sociais

São Paulo — O bebê Gael Henry Jesus Ribeiro, de dois anos e dois meses, morreu, nesse domingo (19/11), após ser picado por uma cobra cascavel enquanto acampava com a família em Panorama, região de Presidente Prudente, interior de São Paulo.

Segundo informações do site local Panorama Notícia, Gael foi atacado no sábado (18/11) em um acampamento na região do Córrego dos Macacos. Ele estava com os pais e outro irmão e tinham ido ao local para pescar.

O pai socorreu o menino e matou a serpente. A criança foi levada inicialmente para o Pronto-Socorro de Panorama, onde recebeu os primeiros cuidados. Em seguida, foi transferida, já no domingo, para o Hospital Regional de Presidente Prudente, onde morreu.

Em nota ao Metrópoles, a Secretaria de Estado da Saúde disse que lamenta a morte do menino Gael e informou que o Hospital Regional de Presidente Prudente (HRPP), “de forma imediata, prestou todo atendimento necessário após sua entrada na unidade, às 11h58 [de domingo]”.

A pasta disse, ainda, que o paciente teve o pedido de entrada feito às 7h45, “tendo vaga cedida às 8h27 pelo HRPP”. A transferência do paciente, segundo a secretaria, é de responsabilidade da unidade de origem.

“Em caso de acidente por animais peçonhentos, a população deve procurar o serviço de saúde mais próximo para que possa receber o tratamento adequado o mais rápido possível. Caso não seja uma unidade referenciada, o hospital deve encaminhar o paciente ao local apropriado, com a maior agilidade possível”, finalizou a Secretaria de Saúde.

Veneno poderoso

O veneno da cobra cascavel é considerado poderoso. Ele destrói as células do sangue das vítimas, causa lesões musculares e afeta os sistemas nervoso e renal.

Em casos de picada, a recomendação do Instituto Butantan é lavar o local com água e sabão e levar a vítima imediatamente para o hospital. É importante levar a cobra ou uma foto do animal para facilitar a identificação pelos médicos.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSão Paulo

Você quer ficar por dentro das notícias de São Paulo e receber notificações em tempo real?

Notificações