metropoles.com

Pedidos de recuperação judicial crescem quase 90% em 3 anos

A comparação foi feita pela Serasa Experian entre janeiro deste ano e o mesmo mês de 2021

atualizado

Compartilhar notícia

Igo Estrela/Metrópoles
Homem passa por fachada da loja Americanas em brasília - Metrópoles
1 de 1 Homem passa por fachada da loja Americanas em brasília - Metrópoles - Foto: Igo Estrela/Metrópoles

Em janeiro deste ano, 92 empresas pediram recuperação judicial, medida cujo principal objetivo é adiar o pagamento de dívidas. O número representa um crescimento de 37,3% em relação ao mesmo mês de 2022, quando o total atingiu 67, e de 87,7% sobre janeiro de 2021, que registrou 49 solicitações. Os dados são de uma pesquisa da Serasa Experian.

As micro e pequenas empresas representam dois terços dessas 92 companhias. A lista, contudo, traz 15 companhias de grande porte, o que equivale ao triplo do total de firmas com essas dimensões em relação ao anterior. Casos notórios de recuperação judicial ocorreram nos últimos meses, como o da Americanas, em janeiro deste ano.

De acordo com a Serasa, sinais de estrangulamento financeiro das empresas surgiram no fim de 2022. O ano terminou com 6,4 milhões de companhias inadimplentes, um recorde desde que a empresa iniciou o levantamento, em março de 2016.

Em 2022, contudo, o número de recuperações judiciais havia caído na comparação com 2021. No ano passado, foram registrados 833 pedidos, 6,5% a menos do que os 891 requeridos ao longo de 2021. Os levantamentos da Serasa Experian são feitos com base em dados colhidos junto a fóruns, varas de falência, diários oficiais e órgãos estaduais da Justiça.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNegócios

Você quer ficar por dentro das notícias de negócios e receber notificações em tempo real?

Notificações