metropoles.com

Inflação nos EUA desacelera forte e fica em 3,2% em outubro

Na base mensal, em relação a setembro, inflação americana não teve variação (0%). Resultado aumenta otimismo sobre taxa de juros no país

atualizado

Compartilhar notícia

Getty Images
Imagem estilizada da bandeira dos Estados Unidos, composta por rostos de várias pessoas - Metrópoles
1 de 1 Imagem estilizada da bandeira dos Estados Unidos, composta por rostos de várias pessoas - Metrópoles - Foto: Getty Images

Depois de se manter estável em setembro, a inflação nos Estados Unidos desacelerou forte em outubro. De acordo com dados divulgados nesta terça-feira (14/11) pelo Departamento do Trabalho do governo americano, o índice ficou em 3,2%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Em setembro, o Índice de Preços ao Consumidor (CPI, na sigla em inglês) havia ficado em 3,7%, mesmo resultado de agosto.

O resultado veio praticamente em linha com as estimativas da maioria dos analistas, que giravam em torno de 3,3% na base anual.

Já na base mensal, em relação a setembro deste ano, a inflação americana ficou estável, com variação nula, ante 0,4% do mês anterior. A projeção do mercado era uma leve alta de 0,1%.

Núcleo de inflação

O núcleo de inflação, que desconsidera a variação dos preços de alimentos e energia, ficou em 0,2% em outubro e em 4% nos últimos 12 meses. Em setembro, o índice acumulado estava em 4,1%.

Juros

A inflação nos EUA continua como foco de preocupação do Federal Reserve (Fed, o Banco Central americano), responsável pela definição da taxa básica de juros no país.

O dado de inflação de outubro era aguardado com expectativa pelos investidores porque serve como base para o Fed definir os próximos passos da taxa de juros no país. A elevação dos juros é o principal instrumento dos bancos centrais para controlar a inflação.

Na última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc) do Fed, os juros básicos foram mantidos no patamar entre 5,25% e 5,5% ao ano, o maior nível em 22 anos.

Nas últimas 14 reuniões do Fomc, houve elevação dos juros em 11 e manutenção da taxa em três.

Apesar da forte desaceleração em outubro, a inflação anual nos EUA ainda está acima da meta, que é de 2% ao ano.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNegócios

Você quer ficar por dentro das notícias de negócios e receber notificações em tempo real?

Notificações