*
 

O vice-primeiro-ministro da Turquia, Numan Kurtulmius, disse que as autoridades do país obtiveram as impressões digitais e uma descrição básica do atirador que atacou uma boate de Istambul na noite de ano-novo. Segundo Kurtulmius, a polícia turca está próxima de identificá-lo.

Em uma entrevista coletiva nesta segunda-feira (2/1), o vice-primeiro-ministro confirmou que oito pessoas haviam sido detidas por uma possível ligação com o ataque. Kurtulmus afirmou que o ato foi uma mensagem de que as organizações extremistas pretendem continuar sua luta contra a Turquia em 2017.

 

 

COMENTE

turquiaano-novoboate
comunicar erro à redação

Leia mais: Violência