*
 

O Tribunal Constitucional da Espanha decidiu nesta quarta-feira (8/11), que foi ilegal uma votação recente no Parlamento da Catalunha para declarar a independência da região do restante do país. A decisão ocorre no mesmo dia em que há uma greve e protestos na Catalunha de manifestantes pela independência, que também se opõem à prisão de autoridades depostas da região.

O tribunal espanhol havia inicialmente suspendido a implementação do pronunciamento separatista, no mês passado, enquanto estudava sua legalidade, após o governo do premiê Mariano Rajoy contestar a medida. O voto parlamentar pela secessão foi boicotado por boa parte dos legisladores oposicionistas, mas acabou aprovado por 70 votos a 10, no Parlamento catalão de 135 integrantes.

Em resposta, o governo Rajoy afastou o governo catalão, dissolveu o Parlamento local e convocou eleições antecipadas na região para o próximo mês.

 

 

COMENTE

Espanhacatalunhaindependência
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo