Índia faz alerta sobre variante Delta Plus do coronavírus

Mutação da variante indiana foi detectada em abril, mas ainda não se sabe se é mais perigosa

atualizado 24/06/2021 17:40

coronavírus ilustraçãoGetty Images

O governo indiano anunciou, na última terça-feira (22/6), ter descoberto mais uma variante do coronavírus, denominada de Delta Plus. A mutação da variante conhecida previamente como indiana foi identificada em pelo menos 40 amostras em abril.

Ainda não há informações sobre se a nova cepa é mais transmissível ou mais mortal, mas o Ministério da Saúde do país considera a mutação como uma “variante de preocupação”. Os estados onde a Delta Plus foi encontrada foram notificados, e os governantes receberam alerta sobre a necessidade de adotar medidas de contenção da cepa.

A variante Delta é considerada a mais contagiosa pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e possui mutações que a permitem escapar do sistema imunológico. Segundo estudos ainda não revisados pela comunidade científica, a Delta Plus afeta principalmente as células pulmonares, o que pode indicar uma propensão maior a quadros graves de Covid-19.

A nova cepa também tem uma mutação chamada de K417N, que a ajuda a escapar melhor dos anticorpos. Os pesquisadores acreditam que a variante pode ser mais transmissível e perigosa, mas ainda não há confirmação.

Entenda, na galeria, como funcionam as variantes:

0

Últimas notícias