Covid-19: viagens internacionais estão mais seguras após restrições, diz OMS

Para Mike Ryan, diretor executivo da OMS, esforços feitos por companhias do setor aéreo e aeroportos reduziram os riscos de infecção

atualizado 29/01/2021 16:16

janela de aeroporto com silhuetasReprodução/Melhores Destinos

Para o diretor executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), Mike Ryan, os esforços feitos por companhias do setor aéreo e aeroportos reduziram os riscos de infecção por Covid-19 ligados a viagens internacionais.

Ryan alertou, porém, para a preocupação de países que têm menores taxas de transmissibilidade do vírus com as novas cepas do Sars-Cov-2.

Contudo, o diretor executivo argumentou que os governos que decidiram adotar as medidas de segurança devem “prover as condições adequadas” aos viajantes que chegarem ao país, como acomodações para que o isolamento obrigatório seja cumprido.

A epidemiologista responsável pela resposta da OMS à pandemia de Covid-19, Maria Van Kerkhove, disse que é necessário seguir combatendo o vírus para que o surgimento de novas variantes seja evitado.

Mais lidas
Últimas notícias