*
 

Os torcedores brasileiros parecem estar buscando o título de campeões em problemas na Copa do Mundo 2018. Em mais um caso de violência, o repórter da Globo André Gallindo foi agredido nos arredores do Estádio de Samara, na Rússia, quando fazia matéria após a vitória do Brasil sobre o México nas oitavas de final do campeonato, na segunda-feira (2/7).

A confusão teve início quando um torcedor, usando uma camisa do Flamengo, começou a atrapalhar a gravação. André, então, decidiu se aproximar para resolver o problema, mas acabou tomando um banho de cerveja. Um segundo homem, ainda mais agressivo, empurrou o jornalista.

Os torcedores ainda tentaram apaziguar a situação, mas Gallindo reclamou: “Você me agrediu fisicamente”. A briga foi apartada pelos seguranças da arena, mas os agressores não chegaram a ser detidos. O repórter se manifestou de forma indireta nas redes sociais, onde escreveu: “Tocando em frente”.