*
 

O papa Francisco pediu à população da Colômbia, nesta quinta-feira (7/9), que fujam de qualquer tentação de vingança no momento em que o país deixa para trás o último conflito armado da América Latina. “Que este esforço nos faça fugir de qualquer tentação de vingança e de busca de interesses apenas particulares e de curto prazo”, clamou o pontífice, no primeiro discurso de sua visita à Colômbia.

O presidente do país, Juan Manuel Santos, agradeceu ao pontífice por estimular a nação a dar “o primeiro passo” para a reconciliação para que haja uma verdadeira paz entre os seus compatriotas.

“De nada vale silenciar os fuzis se continuarmos armados nos nossos corações. De nada vale acabar uma guerra se ainda nos vemos uns aos outros como inimigos”, declarou o presidente na cerimônia de boas-vindas ao papa na Casa de Nariño, sede do governo.

“Por isso é necessária a reconciliação, porque por mais de meio século nos resignamos à violência em nosso solo, e as suas cinzas de rancor, de dor, de vingança, ainda são brasas tórridas que devemos apagar”, segundo o presidente colombiano.

 

 

COMENTE

Colômbiapapa franciscoJuan Manuel Santos
comunicar erro à redação