*
 

Para aqueles que versam a fé católica, conhecer o Papa está entre as maiores emoções. Porém, para Maryangel Espinal, o encontro com Francisco foi ainda mais especial.

Acompanhada do namorado, o exilado venezuelano Dário Ramirez, ela fazia parte de um grupo de 80 políticos de todo mundo que estava no Vaticano na última semana. Ramirez explicava a situação da Venezuela para o sumo pontífice quando, de repente, se ajoelhou e pediu Maryangel em casamento.

O vídeo que registrou o momento já teve mais de 200 mil visualizações. Ao National Catholic, o homem garantiu que sua agora noiva não fazia a menor ideia de que aquilo pudesse acontecer.

“Quando fomos apresentados ao Papa Francisco, eu expliquei a situação na Venezuela e a situação que os presos políticos estão enfrentando. Depois eu disse para o Papa: ‘Tem uma terceira coisa que eu quero pedir para você’. Eu expliquei ao pontífice que a mulher do meu lado era a mulher da minha vida. Eu disse que a conheci na igreja, que Deus a colocou na minha vida e que queria pedir sua mão em casamento. Então me ajoelhei e fiz o pedido.”

Maryangel ficou tão chocada que foi preciso uma intervenção do Papa. “Ele te pediu em casamento, o que você diz?”. Ela recuperou-se da surpresa e aceitou o pedido, que recebeu a bênção de Francisco. O susto, contudo, foi apenas da noiva. Dário havia conseguido autorização para pedi-la em casamento com o Cardeal Christoph Schönbon, patrono da Rede Internacional de Legisladores Católicos, que participou da audiência. Mesmo assim, Francisco deu a impressão de não saber de nada.

 

 

COMENTE

casamentopapavaticanopapa francisco
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo