Professora morta em tiroteio nos EUA tentou proteger alunos: “Heroína”

Eva Mireles, de 44 anos, está entre as vítimas do massacre na Robb Elementary School, no Texas, que deixou 19 crianças e dois adultos mortos

atualizado 25/05/2022 10:43

Professora Eva MirelesReprodução

A mãe e professora de educação especial Eva Mireles, de 44 anos, está entre as vítimas do atirador que causou uma tragédia em escola no Texas, Estados Unidos.

Segundo relatos de testemunhas à mídia local, Eva Mireles era docente há 17 anos. Professora de educação especial na Robb Elementary há cerca de cinco anos, ela foi baleada e morta numa tentativa de proteger seus alunos na sala de aula na terça-feira (24/5).

0

A informação foi confirmada por uma tia da vítima, Lydia Martinez Delgado, ao New York Times. A professora, segundo ela, era “muito amada” e foi uma “heroína”.

Eva era casada com um policial do distrito, Ruben Ruiz, de 43. No perfil da docente no site da escola, ela descreveu que o casal tem uma filha em idade universitária.

“Eu tenho uma família solidária, divertida e amorosa, que inclui um oficial da UCISD (Ruiz), uma filha graduada na faculdade (Adalynn) e 3 amigos peludos (Callie, Kane e Koda). Eu amo correr, caminhar, e agora você pode me ver andando de bicicleta!!”

Outra professora, identificada como Irma Garcia, mãe de quatro filhos, também morreu no ataque brutal.

Entenda

Salvador Ramos, 18 anos, abriu fogo na Robb Elementary School, em Uvalde, antes de ser baleado e morto pela polícia.

No massacre, morreram 19 crianças e duas professoras da escola primária. As vítimas mais jovens tinham idades entre 7 e 11 anos. O motivo do ataque ainda não é conhecido.

Ramos foi parado por um agente da Guarda de Fronteira, que estava cuidando de um posto próximo.

Os dois trocaram tiros, e Ramos acabou baleado e morto. Segundo uma autoridade local, o agente foi ferido, mas conseguiu sair da escola.

Diversas crianças ficaram feridas no ataque brutal à escola.

De acordo com a polícia, o atirador havia baleado a própria avó em uma casa. Ela está internada em estado crítico.

Ramos compartilhou fotos nas redes sociais de armas. Sua conta foi retirada logo após o governador Greg Abbott confirmar seu nome
Atirador compartilhou fotos de armas nas redes sociais. Uma conta dele foi retirada do ar logo após o governador Greg Abbott confirmar seu nome

Fotos de armas antes de ataque

Evil Ramos compartilhou imagens de armas e munições no Instagram antes do ataque.

A mídia social de Ramos estava cheia de fotos de armamentos. O jovem comprou as armas legalmente, em seu aniversário de 18 anos, disse o senador estadual Roland Gutierrez.

Mais lidas
Últimas notícias