Candidato favorito à Presidência da Argentina visitará Lula na cadeia

Alberto Fernández terá a ex-presidente Cristina Kirchner como vice de sua chapa

redes sociais/ reproduçãoredes sociais/ reprodução

atualizado 03/07/2019 13:21

O candidato à Presidência da Argentina, Alberto Fernández, que terá a ex-presidente Cristina Kirchner como vice de sua chapa, visitará o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na sede da Polícia Federal, em Curitiba, nesta quinta-feira (04/07/2019), informou o Instituto Lula.

A visita deve ocorrer no começo da tarde. O ex-presidente brasileiro sempre foi próximo de Cristina e de seu marido, o também ex-presidente Nestor Kirchner. O casal argentino governou o país entre 2003 e 2015.

Cristina já chegou a se comparar com o líder petista afirmando que ambos são vítimas de uma “perseguição absurda contra governos que incluíram milhões de pessoas”. A ex-presidente também está sendo investigada por casos de corrupção em seu país.

O peronista Alberto Fernández, junto à Cristina, lideram as pesquisas para assumir a Presidência do país. As eleições ocorrem neste ano – o primeiro turno está marcado para 27 de outubro.

A visita do candidato peronista pode ser entendida como uma afronta ao atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (PSL). O líder do Executivo brasileiro já declarou publicamente ser favorável à reeleição de Maurício Macri, atual presidente argentino.

“Argentina e Brasil não podem retornar à corrupção do passado, a corrupção desenfreada pela busca do poder. Contamos com o povo argentino para escolher bem seu presidente em outubro”, disse Bolsonaro, em uma entrevista no Palácio do Planalto ao jornal argentino La Nación.

Últimas notícias