Nevasca no Paquistão mata pelo menos 22 turistas presos em veículos

Durante tempestade, carros ficaram retidos em engarrafamento em região montanhosa na cidade de Murree

atualizado 08/01/2022 14:08

nevasca no paquistão mata turistasReprodução

Pelo menos 22 turistas morreram depois de ficarem presos em veículos durante forte nevasca na cidade de Murree, no Paquistão. Mais de mil carros formaram engarrafamento para assistir à tempestade de gelo e ficaram presos em uma região montanhosa.

De acordo com a agência Associated Press, os mortos já chegam a 22. O Exército foi enviado para auxiliar nas operações de resgate. Autoridades locais fornecem abrigo em prédios públicos.

A orientação do governo local é que a população deixe os carros e evite deslocamentos. Nos últimos dias, o evento climático raro atraiu grande quantidade de turistas para a região, que se arriscaram em locais montanhosos para ver a neve.

Murree está a 64 quilômetros da capital do país, Islamabad. A nevasca ocorre desde a última terça-feira (4/1) na região. O primeiro ministro do país, Imran Khan, se manifestou chocado com as mortes trágicas dos visitantes.

“Ordenamos uma investigação e estabelecemos regras rígidas para garantir a prevenção de tais tragédias”, explicou por meio do Twitter. Já na sexta-feira (7/1), as autoridades locais fecharam o acesso aos locais mais arriscados e estradas para evitarem a chegada de maior número de turistas.

De acordo com a AFP, seis pessoas morreram congeladas ou sufocadas por monóxido de carbono, substância liberada pelo escapamento dos veículos que faziam parte do engarrafamento.

Mais lidas
Últimas notícias