Neonazistas vandalizam estátua de George Floyd em Nova York

Monumento foi inaugurado há apenas uma semana. Suspeitos jogaram tinta e pintaram símbolo supremacista branco na estátua

atualizado 25/06/2021 11:02

Estátua de George Floyd, no Brooklyn, bairro de Nova YorkDavid Dee Delgado/Getty Images

Uma estátua de George Floyd no bairro do Brooklyn, em Nova York, foi vandalizada por um grupo neonazista. O monumento foi inaugurado há apenas uma semana, em 19 de junho, dia em que o país comemora a emancipação dos negros.

O grupo pintou a estátua de preto e pichou um símbolo de supremacia branca. O ato de vandalismo, nessa quinta-feira (24/6), aconteceu apenas um dia antes da data em que Derek Chauvin, ex-policial condenado pela morte de Floyd em abril, receberá a decisão de sua pena.

“Este ato de covardia não é apenas um ataque à comunidade negra. E não é apenas um ataque à decência humana que George Floyd e sua família merecem. É um ataque a todos os cidadãos de Nova York e aos valores que nosso estado representa”, disse Andrew Cuomo,  governador do estado, pelo Twitter.

Veja a publicação abaixo:

Segundo o New York Times, quatro suspeitos foram identificados em câmeras de segurança se aproximando da estátua por volta das 3h30 da manhã de quinta-feira. Cuomo afirmou que a força-tarefa que investiga crimes de ódio na cidade cuidará do caso.

“E ao grupo de neonazistas que fez isso, quero ser absolutamente claro: dê o fora do nosso estado”, finalizou Cuomo.

Mais lidas
Últimas notícias