Jogadora de basquete dos EUA é detida com “óleo de maconha” na Rússia

Acusação ocorre em momento de tensão entre os dois países por causa da invasão da Ucrânia. Pena por tráfico chega a 10 anos no país

atualizado 05/03/2022 13:59

Brittney Griner basquete eua russia guerra maconha aeroporto (1)Instagram

Uma jogadora de basquete dos Estados Unidos foi detida no aeroporto de Sheremetyevo, perto de Moscou, na Rússia, por ter cartuchos de vape com “óleo de haxixe” em sua mala. O cartucho de vape é uma espécie de essência usada em cigarros eletrônicos. O haxixe é um derivado da maconha.

Segundo a agência de notícias russa Tass, a jogadora presa é Brittney Griner, ganhadora de duas medalhas de ouro pela seleção feminina de basquete dos EUA, em 2021 e 2016.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
0

O Serviço Federal de Alfândega da Rússia não divulgou o nome de Brittney, mas citou as duas medalhas, de acordo com o The New York Times.

Ainda segundo o jornal estadunidense, um vídeo do aeroporto mostra uma pessoa de moletom preto passando por um segurança, que tira o pacote da mala dessa pessoa, que parece ser a jogadora de basquete.

Foi aberto um processo criminal de transporte em larga escala de drogas, que pode levar a uma pena de 10 anos de prisão no país.

Basquete russo

Muitos jogadores americanos jogam em times russos durante temporadas, por conta dos salários atrativos. Brittney jogou no UMMC Ekateringburg durante anos.

A detenção da jogadora americana ocorre em um momento de tensão entre os EUA e a Rússia devido à guerra na Ucrânia.

Os Estados Unidos e outros países anunciaram sanções econômicas contra os russos para tentar acabar com a invasão do território ucraniano. Já o presidente russo, Vladimir Putin, alega que as sanções são uma tentativa de guerra.

Mais lidas
Últimas notícias