Homem trans se casa com melhor amiga de adolescência após transição

“Sou incrivelmente abençoado por ter Kayla como minha esposa", disse Aaron

atualizado 03/05/2022 14:57

Aaron Capener / SWNS

Um homem trans se casou com a melhor amiga de adolescência após o processo de transição. Aaron Capener conheceu a atual esposa, Kayla, quando os dois estavam no Ensino Fundamental na cidade de Kingsport, estado americano do Tennessee.

Naquele momento, ele tinha apenas 14 anos e ainda não havia compreendido que era um homem. Os dois se casaram no ano passado e Kayla esteve ao lado do amado durante toda a transição, segundo o NYP.

0

“Kayla e eu estamos casados ​​e felizes e todas as provações e tribulações pelas quais passei para chegar a este ponto valeram muito a pena”, disse Aaron em entrevista à agência de notícias SWNS.

O jovem lembra que, apesar da amizade ter surgido imediatamente, o amor foi crescendo com o tempo. “Nosso relacionamento foi construído com base em nossa amizade e acredito que é isso que o torna tão forte“, garante Kayla.

Aaron ainda se identificava como mulher na época em que conheceu Kayla. Ele percebeu cedo que estava se apaixonando pela amiga, mas o medo do preconceito fez com que os sentimentos fossem mantidos escondidos.

Ainda que tenham se separado meses depois, quando a família de Aaron se mudou para o estado de Oregon, a proximidade foi mantida por meio de redes sociais. Nesse meio tempo, o rapaz começou a perceber que havia algo diferente na forma como se via.

“À medida que comecei a amadurecer e passar pela puberdade, ficou evidente para mim que algo não parecia bem e comecei a fazer minha própria pesquisa”, explicou. No primeiro momento, Aaron acreditou que fosse uma mulher lésbica e, com isso, já enfrentou o julgamento familiar.

Lutando contra o preconceito

“Quando me assumi gay, minha família ficou extremamente decepcionada; Eles me fizeram ver o pastor da nossa igreja para tentar ‘curar’ meus sentimentos, e então começaram a dizer que eu simplesmente não estava orando o suficiente”, lembra.

Aos 16 anos, o jovem deixou a casa dos pais e começou a trabalhar para conseguir se manter. Nesse período, também foi quando Aaron entendeu que era um homem trans. Em 2016, ele voltou à cidade de sua melhor amiga e, após diversos encontros, os dois finalmente se beijaram e confessaram que eram apaixonados um pelo outro.

“Enquanto Aaron estava em Oregon, eu me mantive atualizada de sua transição e o que estava acontecendo com ele todos esses anos”, disse ela à SWNS. “Foi muito natural passar de amigos para um relacionamento. Aaron sempre foi a mesma pessoa, não importa qual fosse seu nome ou pronomes. Sua transição não afetou nosso relacionamento nem um pouco”, garante Kayla.

“Sou incrivelmente abençoado por ter Kayla como minha esposa e por ela ter me amado, sem se importar com meu gênero”, disse Aaron. E completou: “Eu me senti assim desde o momento em que a conheci e tê-la como minha esposa agora é um sonho tornado realidade”.

Mais lidas
Últimas notícias