Homem processa mulher por pegar herpes no 1º encontro e pede R$ 845 mil

Segundo o homem que contraiu a doença, a mulher falhou nos "princípios éticos, morais e legais"

atualizado 16/06/2020 11:36

Martin Ashley ConwayReprodução

Um homem, morador de Londres, Inglaterra, entrou na Justiça contra uma mulher após contrair herpes no primeiro encontro que tiveram. Martin Ashley Conway, 45 anos, pede o equivalente a R$ 845 mil de Jovanna Lovelace, pois, segundo ele, a jovem “falhou nos princípios morais, éticos e legais” ao não avisar que tinha a doença e passá-la adiante.

Segundo Martin, ele se sentiu mal por vários dias após o encontro, com sintomas de gripe, úlceras na boca e ataques de pânico. Quando percebeu a suposta gravidade da doença, Martin correu para o hospital. “Tudo piorou e eu não conseguia mais comer ou sair de casa, com exceção de ir ao médico. Fiquei chato, nervoso e muito confuso. Quero justiça e por isso decidi entrar com uma ação contra a mulher que me passou isso”, disse ao Daily Mail.

“Como ela tinha herpes, deveria ter tido a moral e ética e o dever lega de me avisar dos riscos aos quais eu fui exposto, considerando a natureza contagiosa do vírus. Não entrei em uma relação para ter riscos de injúrias ou qualquer tipo de contágio”, disse Marin.

Em sua defesa, Jovanna disse que essa ação é “frívola e vexatória”. “O processo não tem razões para acontecer e ele está abusando da Corte”, afirmou. Ainda não há data para o julgamento.

Últimas notícias