*
 

A história de Christian Buchana, de Woodbury, Tennessee, Estados Unidos, ganhou as páginas dos sites de boa parte do mundo. O garoto é uma das 60 pessoas no mundo que nasceu sem os olhos. Christian foi diagnosticado com fenda facial Tessier, o que faz com que grandes buracos apareçam na região da face e na cabeça.

“Eu não sabia, antes de Christian nascer, que havia um estigma social imenso sobre ser diferente, parecer diferente. A maior parte das pessoas não sabe como lidar com uma pessoa assim”, contou a mãe, Lacey Buchana, ao jornal Daily Mail. Apesar de não ser igual a todos, a mãe diz que ele é normal como qualquer criança da idade dele, 6 anos. “Está aprendendo a ler e gosta de brincar de lutinha com o irmão”, explica.

Ainda de acordo com a mãe, o problema dele foi causado pela síndrome de banda amniótica, quando fibras se formam no útero e, quando se prendem ao bebê, podem ocorrer corte do fluxo sanguíneo para áreas do corpo. No caso de Christian, foi na face.

Por não ter os olhos, obviamente, ele teve que aprender a viver no escuro e a lidar com o preconceito. “Recentemente, estávamos fazendo compras quando uma pessoa passou por ele e disse: ‘eca’. Algumas pessoas ainda pergunta como é conviver com isso”, explica.

Segundo a mãe, o garoto aprendeu a se defender e tem deixado muitos adultos no chão. “Ele diz: ‘Foi como Deus me fez. Foi como eu nasci e nasci incrível'”, disse Lacey. O garoto se prepara para fazer mais cirurgias no futuro, mas continua vivendo normalmente. “Epero criar uma atmosfera de respeito às diferenças para meu filho para que o mundo seja melhor ao Christian”, desbafa a mãe.