Expo Dubai 2020 foca em investimento no futuro com pavilhão do Brasil

O Metrópoles foi convidado pela Apex Brasil para acompanhar o encerramento da exposição, que conta com um pavilhão do país

atualizado 28/03/2022 15:29

Expo Dubai 2020 foca em investimento no futuro com pavilhão do BrasilHugo Barreto/Metrópoles

Enviada especial a Dubai – Após um período de recesso obrigatório causado pela pandemia da Covid-19, a Expo Dubai 2020 já tem data para chegar ao fim: na próxima quinta-feira (31/3). Com o tema “Conectando Mentes, Criando o Futuro”, o evento visa fomentar a discussão sobre assuntos de interesse global, como Oportunidade, Mobilidade e Sustentabilidade.

O Bureau Internacional de Exposições (BIE) explica, no texto de apresentação, que a iniciativa “reflete nossa missão de descobrir novas oportunidades para indivíduos e comunidades e inspirá-los a alcançar suas necessidades hoje e perseguir suas aspirações futuras”.

“Através da mobilidade, focamos em facilitar o acesso ao conhecimento, mercados e inovação, trabalhando em soluções e tecnologias que facilitam a circulação de pessoas, bens e ideias. Por meio da sustentabilidade, promovemos práticas para proteger e preservar nosso meio ambiente para as gerações futuras fazendo mais com menos”, diz ainda o texto.

0

A Expo Dubai 2020, que já dura seis meses, é a primeira Expo Mundial realizada na região do Oriente Médio, África e Sul da Ásia (Measa). O evento contou com a participação de mais de 200 países desde 1º de outubro de 2021, incluindo o Brasil.

Com os objetivos de aumentar o turismo; promover a inovação; promover a sustentabilidade; diversificar mercados; apoiar a educação internacional; e atrair investimentos estrangeiros, o evento espera a presença de 25 milhões de visitantes até o encerramento.

Divida em três distritos que explorarão cada um dos subtemas, a Expo Dubai ocupa uma área de 4.380 metros quadrados, localizados entre Dubai e Abu Dhabi.

Pavilhão Brasil

O Brasil é um dos países presentes na Expo Dubai 2020. Com organização da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil), o foco do estande nacional é o tema “Juntos pelo Desenvolvimento Sustentável”, com três subtemas: “Juntos pela Natureza”, “Juntos pelas Pessoas” e “Juntos pelo Amanhã”.

O país é um tradicional participante, tendo feito sua primeira aparição ainda no Império, com apoio de Dom Pedro II, que tinha o desejo de inserir o Brasil no grupo das “nações civilizadas”. Desde então, mostrou seus destaques em edições, como na Filadélfia em 1876, onde o foco foi o café; em 1939, em Nova Iorque; em 1958, em Bruxelas; e 1970, em Osaka, onde a arquitetura foi a grande estrela.

O prédio do Pavilhão Brasil na exposição de 2020 foi inspirado no Rio Negro, o maior afluente esquerdo do Rio Amazonas. E o estande tem chamado a atenção do público: até a segunda quinzena de março, o local já havia recebido 1,8 milhão de visitantes.

“A Expo 2020 Dubai marca um momento de virada para o Brasil se reposicionar no período pós-pandemia em relação à sua imagem, à retomada dos negócios e à superação da crise gerada pela Covid-19”, diz a Apex Brasil sobre o evento.

O Metrópoles foi convidado pela Apex a participar do encerramento da Expo Dubai 2020. A programação conta com visita ao escritório da Apex Brasil em Dubai, tour pelo Pavilhão Brasil com foco na instalação de Itaipu e visita ao Pavilhão Japão, voltado para a Expo 2025, que acontecerá em Osaka, no Japão.

Mais lidas
Últimas notícias