Ex-presidente do Uruguai José Mujica renuncia ao Senado, aos 85 anos

A pandemia de coronavírus precipitou a decisão do líder da esquerda, que sofre de uma doença imunológica

atualizado 20/10/2020 13:23

AP Photo/Natacha Pisarenko

O ex-presidente uruguaio José Mujica renunciou do cargo no Senado, nesta terça-feira (20/10). Ele se aposentou definitivamente da política, cumprindo um anúncio que fez no mês passado.

A pandemia de coronavírus precipitou a decisão do ex-presidente de 85 anos, que sofre de uma doença imunológica.

“Esta situação obriga-me, com grande pesar pela minha profunda vocação política, a pedir a renúncia à bancada que me foi concedida pela cidadania”, escreveu Mujica em carta lida nesta terça em sessão extraordinária do Senado. “A pandemia me expulsou”, acrescentou.

Ao votar nas eleições locais no Uruguai, em setembro, Mujica antecipou sua decisão. “A política me encanta e não queria ir embora, mas a vida me encanta mais. E como estou para sair, trato de esticar os minutos que restam”, comentou.

Últimas notícias