Ações da Gilead disparam com notícias de tratamento para Covid-19

Pacientes que tomaram remédio antiviral remdesivir estão se recuperando da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus

atualizado 17/04/2020 12:15

As ações da farmacêutica norte-americana Gilead Sciences dispararam nas negociações em meio a resultados positivos apresentados pelo antiviral remdesivir no tratamento da Covid-19, doença causada pelo coronavírus.

Os papéis da farmacêutica saltaram mais de 16% após o fechamento do pregão dessa quinta-feira (16/04) na bolsa de Nasdaq.

Nesta sexta-feira (17/04), o crescimento chega a 7,6%, segundo registro feito às 11h20.

Na realidade, as ações da americana de biotecnologia começaram a se valorizar desde fevereiro, com o avanço da pandemia do novo coronavírus.

De acordo com o site Stat News, que obteve acesso exclusivo aos resultados, o remédio antiviral está recuperando rapidamente os pacientes com Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

De 125 pacientes com Covid-19 – sendo 113 em estado grave – que usaram o medicamento, apenas dois morreram.

“A melhor notícia é que a maioria dos nossos pacientes já recebeu alta, o que é ótimo”, disse Kathleen Mullane, especialista que participou do estudo sobre o remdesivir.

O mesmo antiviral já é usado para tratar ebola e MERs (síndrome respiratória do coronavírus do Oriente Médio).

Últimas notícias