Com 743 mortes em um dia, Itália volta a ter aumento de óbitos

Segundo Agência de Proteção Civil do país, número de casos confirmados pode ser dez maior do que o reportado oficialmente

atualizado 24/03/2020 15:44

A Itália voltou a ter aumento no número de óbitos por Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, após dois dias com números de mortes em queda. Nas últimas 24 horas, foram registrados 743 óbitos. É o segundo dia mais letal desde o início da crise – o triste recorde cabe ao último sábado, 21 de março, quando houve 793 mortes pela doença.

Segundo a Agência de Proteção Civil do país europeu, a Itália soma 6.820 mortes.

Na segunda-feira (23/03), foram registrados 602 mortes, ante 650 no domingo e 793 no sábado.

Apesar do aumento, o índice de crescimento de casos na Itália se manteve abaixo de 10% pelo segundo dia seguido.

De acordo com a Defesa Civil, a Itália contabiliza 69.176 contágios nesta terça, alta de 8,2% na comparação com o dia anterior.

Mais cedo, um órgão do governo que compila as estatísticas de Covid-19 no país reconheceu que o número de casos na Itália pode ser dez vezes maior do que o reportado oficialmente.

O país estuda estender o confinamento geral até julho. Já decidiu impor multa de até 4 mil euros a quem desrespeitar a quarentena e circular pelas ruas sem justificativa.

Últimas notícias