*
 

O furação Irma já está mais fraco, mas isso não significa que represente menos perigo à Flórida. Perto da cidade de Tampa ele foi reduzido à categoria 1 na escala Saffir-Simpson. No entanto, a expectativa é de ventos de até 135 km/h. Em entrevistas, o governador do estado, Rick Scott, disse que as 6 milhões de pessoas que saíram de casa ainda não devem voltar a seus lares.

A porta-voz da Agência de Gerenciamento de Emergência, Catherine Howden, disse nesta segunda-feira (11/9) que uma morte foi confirmada em Worth County, na Geórgia. Detalhes sobre o caso não foram fornecidos.

A tempestade tropical também foi responsável por uma morte na Flórida e ao menos 36 pessoas perderam a vida no Caribe.

Brasileiros
O Itamaraty anunciou que irá resgatar brasileiros que estão na ilha de Saint Martin, no Caribe. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, até o momento pouco mais de 60 brasileiros foram atingidos pelo Irma na região.

 

 

COMENTE

furacãotempestadeirmã
comunicar erro à redação

Leia mais: Clima