*
 

Em Cuba, o Furacão Irma derrubou postes, árvores e danificou edifícios neste sábado (9/9), mas não há informações de mortos. Já no Caribe, 22 pessoas morreram nas ilhas de Saint Martin, Saint Barts, Saint Thomas, Barbuda e Anguilla. A região está na expectativa de um segundo furacão que se aproxima, o José.

Segundo testemunhas, um museu ficou em ruínas e 39 edifícios foram fortemente danificados na cidade de Santa Clara, em Cuba. Mais de 5 mil turistas deixaram a costa norte-central do país, onde está concentrado diversos resorts.

Nas ilhas do Caribe, muitos moradores abandonaram a região em barcos de pesca para fugir do Jose. No lado holandês da ilha de Saint Martin, dividida entre França e Holanda, cerca de 70% das casas foram destruídas. Segundo o governo dos Estados Unidos, mais de 500 americanos saíram da ilha.

O furacão Irma passa pela costa de Cuba e deve chegar à Flórida na madrugada de domingo. Já o furacão Jose está a 135 quilômetros a nordeste das ilhas Leeward, com ventos a 230 quilômetros por hora. (Fonte: Associated Press)

 

 

COMENTE

cubafuracão Irma
comunicar erro à redação

Leia mais: Clima