Mamutes e megafauna podem ter vivido por mais tempo que imaginávamos

A pesquisa sugere, por exemplo, que os mamutes morreram por completo há pouco menos de 4 mil anos

atualizado 26/10/2021 17:48

Roy Buri/Unsplash

Há quase cem anos, diversas evidências indicam que os mamutes se extinguiram há mais ou menos 10 mil anos, por ação humana. Contudo, uma nova pesquisa mostra que os mamutes e a megafauna ( ao menos parte dela) na verdade viveram até muito mais tarde que estes 10 mil anos. Ou seja, outra coisa deve ter causado essa extinção, além de nós.

Ao longo de incríveis 10 anos de pesquisa, cientistas utilizaram uma técnica inovadora de sequenciamento genético. Com o nome de shotgun DNAou eDNA, esse tipo de sequenciamento se baseia em DNA presente no ambiente ao invés de em fósseis.

Saiba mais no Socientífica, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias