Google fora do ar? Aplicativos apresentam problemas nesta segunda-feira

A instabilidade começou a ocorrer por volta das 8h, com erros em aplicativos como o Gmail e Google Drive

atualizado 20/12/2020 7:23

O Google ficou fora do ar para vários usuários ao redor do mundo, deixando alguns produtos sem acesso na manhã desta segunda-feira (14/12).

Segundo o DownDetector, que monitora o funcionamento de plataformas na web, os problemas começaram a ocorrer por volta das 8h e, desde então, estava com erro em aplicativos como o buscador do Google, YouTube, Gmail e Google Drive.

Erro no gmail
Erro no Gmail

No acesso ao Gmail, por exemplo, os usuários encontram a seguinte mensagem: “Erro temporário (500). Sua conta está temporariamente indisponível. Lamentamos o transtorno e sugerimos que você tente novamente em alguns minutos”.

Bug em vários países

O bug no Google atinge diversos países, como Estados Unidos e alguns da Europa. No Brasil, a maioria das reclamações tem origem na Região Sudeste.

Por volta das 9h30, o Painel de status do Google Workspace notificou que os serviços haviam sido restaurados para “parte dos usuários” e que a multinacional esperava uma resolução total em breve. Depois das 9h50, a empresa atualizou o status e disse que a restauração dos serviços havia ocorrido para a “maioria dos usuários”.

Erro na autenticação

Em nota, um porta-voz da Google informou que houve uma queda em seu sistema de autenticação, às 8h47, que foi resolvido às 9h32.

“Hoje, às 8h47 da manhã (horário de Brasília), o Google sofreu uma queda em seu sistema de autenticação, por aproximadamente 45 minutos, em razão de um problema de gestão interna da cota de armazenamento. Os serviços que requerem login de usuários apresentaram altas taxas de erro durante esse período. O erro de autenticação foi resolvido às 9h32. Todos os serviços estão restaurados. Pedimos desculpas aos afetados e iremos conduzir uma revisão minuciosa para garantir que isso não ocorra novamente no futuro.”

Reclamação de usuários

Nas redes sociais, alguns usuários reclamaram da situação. No Brasil, diversos estudantes afirmaram que tiveram a interrupção do serviço enquanto acompanhavam aulas ou realizavam provas on-line. Veja abaixo:

 

Últimas notícias