Casal se declara nas redes sociais horas antes de ser executado na fronteira com o Paraguai

"Que Deus nos proteja e nos conceda muitos anos de vida", escreveu jovem na postagem em que parabeniza namorada pelo aniversário

atualizado 28/07/2021 13:30

Reprodução

Horas antes de serem executados, Luís Mateo Martinez Armoa, 21 anos, e a namorada Anabel Mancuello Centurion, 22, fizeram declarações de amor um para o outro nas redes sociais. Na data, o casal paraguaio comemorava o aniversário de Anabel.

A jovem publicou uma foto do casal com a legenda em espanhol “Meu amor”, na segunda-feira (26/7).

Já Mateo, que usava o nome “Matheus Elefante” na internet, parabenizou a namorada pelo aniversário. “Que no final deste dia você sinta seu coração aconchegado e recheado de amor, carinho e muita alegria”, escreveu.

“Que Deus nos proteja e nos conceda muitos anos de vida”, finalizou Luís Mateo na postagem. Horas depois, eles foram executados.

O casal foi executado em uma choperia na cidade de Juan Caballero, no Paraguai. Luís Mateo estaria jurado de morte e teria sido executado por uma pessoa ou grupo auto denominado “justiceiro de la fronteira”. Ele recebeu 36 tiros e um bilhete escrito em espanhol “Favor não roubar” foi preso em seu corpo.

A polícia investiga se Anabel e Mateo tinham participação em crimes.

Últimas notícias