*
 

O candidato favorito na eleição presidencial do México, prevista para ocorrer em 1º de julho, iniciou formalmente sua campanha neste domingo (1º/4). Andres Manuel Lopez Obrador escolheu a Ciudad Juarez, na fronteira com os Estados Unidos para fazer o anuncio. O município lançou algumas das principais lutas de resistência do Estado.

Segundo o esquerdista, sua terceira candidatura à presidência representa uma batalha histórica contra a corrupção e as elites do país. Além disso, comparou os recentes atos com a invasão francesa de 1862-1867 e a revolução de 1910-1917. Ciudad Juarez serviu de base em ambas as lutas.

O candidato da sigla governista José Antonio Meade também lançou sua campanha neste domingo. Ele fez o anuncio na cidade colonial de Mérida, capital de Yucatán. Esse é um dos poucos estados onde o Partido Revolucionário Institucional (PRI) espera manter os nove governos que estão em jogo nas eleições de julho. Meade está no terceiro lugar nas pesquisas. Ele mencionou Lopez Obrador, dizendo: “Não deixem ninguém tirar o futuro de nossos filhos com falsas promessas”.

O candidato do terceiro principal partido, Ricardo Anaya, vai realizar coletivas de imprensa às 7h da manhã, em todos os dias da campanha.

Em seu discurso de abertura de campanha, Lopez Obrador fez uma crítica ao modelo econômico atual. “Os defensores dessa política falam sobre modernidade, mas não mencionam que ela funciona apenas para as elites e exclui a maioria da população”, disse.

Como o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Lopez Obrador expressa algum ceticismo sobre o Tratado de Livre Comércio da América do Norte. “Vamos ser muito respeitosos com o governo dos EUA, mas exigimos respeito aos mexicanos. Não seremos tratados como uma piñata por qualquer governo estrangeiro”, disse.

Já Meade está tentando se desvencilhar da imagem da corrupção, baixo crescimento, alta inflação e dívida que atrapalha o PRI. O logotipo de sua campanha nem inclui o símbolo do partido. Em vez disso, eles usam três setas coloridas ou triângulos representando a sigla, dois partidos minúsculos. Ele apresentou várias promessas de campanha, com foco em educação, saúde e segurança pública.

O México vem sofrendo com uma onda de violência que parece desafiar a maioria das soluções até agora, e nenhum dos principais candidatos apresentou um plano detalhado sobre como lidar com isso.

Fonte: Associated Press.

 

 

COMENTE

eleições no Méxicocampanhas presidenciaisAndres Manuel Lopez ObradorJosé Antonio MeadeRicardo Anaya
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo