*
 

O plantão consular do Consulado-Geral do Brasil em Nova York, nos Estados Unidos (EUA), informou que acompanha as investigações da morte do brasileiro João Vitor Alves de Souza, assassinado a facadas na universidade de Binghamton, no domingo (15/4). Em nota, a pasta ressaltou que “mantém contato com amigos e familiares do cidadão a fim de prestar-lhes assistência quanto a providências a serem tomadas e documentos a serem produzidos”.  Um suspeito foi flagrado por câmeras de segurança e preso na madrugada dessa segunda-feira (16)..

João Souza estava no primeiro ano do curso de engenharia. O jovem foi atingido por facadas em seu dormitório aproximadamente às 22h30 (horário local), segundo informações da universidade.

O aluno foi socorrido e levado para um hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. Conforme informações da instituição de ensino, a polícia suspeitava de que João Souza era alvo de criminosos, mas não chegou a dizer as motivações do assassinato.