Agência de saúde dos EUA bane principal marca de cigarros eletrônicos

Perfil toxicológico dos produtos da empresa Juul Labs foi reprovado e FDA determinou que os cigarros parem de ser comercializados no país

atualizado 23/06/2022 18:59

licsiren/istock

A Juul Labs, principal marca de cigarro eletrônico nos Estados Unidos, foi removida do mercado e a empresa fabricante deve parar de comercializar seus produtos no país. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (23/6) pela agência regulatória de saúde dos EUA, a FDA.

“A empresa deve parar de vender e distribuir seus produtos. Além disso, aqueles atualmente no mercado dos EUA devem ser removidos ou correm o risco de ação de fiscalização”, determinou a agência.

A FDA chegou à conclusão após análise de que a Juul Labs carece de evidências suficientes sobre o perfil toxicológico dos cigarros e os riscos não podem ser avaliados.

0

“A FDA tem a tarefa de garantir que os produtos de tabaco vendidos nos EUA atendam ao padrão estabelecido pela lei, mas a responsabilidade de mostrar que o produto atende aos padrões é da empresa”, esclareceu Michele Mital, diretora interina do Centro de Produtos de Tabaco da agência.

A reguladora ressalta que todos os novos produtos de tabaco no mercado sem a autorização de pré-comercialização exigida por lei estão sujeitos a ações de fiscalização.

Receba notícias do Metrópoles no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: https://t.me/metropolesurgente.

Mais lidas
Últimas notícias