Ministério da Saúde quer abolir o termo violência obstétrica

O Ministério da Saúde tem feito um esforço para acabar com o termo violência obstétrica. Para a pasta, ele é impróprio, “pois acredita-se que tanto o profissional de saúde quanto o de outras áreas não têm a intencionalidade de prejudicar ou causar dano”. Despacho publicado pelo ministério na última sexta-feira (03/05/2019) informa que “o termo […]

atualizado 06/05/2019 9:41

O Ministério da Saúde tem feito um esforço para acabar com o termo violência obstétrica. Para a pasta, ele é impróprio, “pois acredita-se que tanto o profissional de saúde quanto o de outras áreas não têm a intencionalidade de prejudicar ou causar dano”.

Despacho publicado pelo ministério na última sexta-feira (03/05/2019) informa que “o termo violência obstétrica tem conotação inadequada, não agrega valor e prejudica a busca do cuidado humanizado”. Por fim, a pasta indica que há uma estratégia para abolir o uso “com foco na ética e na produção de cuidados em saúde qualificada”.

Últimas notícias