PSDB garante e Izalci reafirma candidatura ao Buriti

Senador compartilhou áudio do presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, que garante legenda para a disputa majoritária ao tucano

atualizado 03/04/2022 20:19

Izalci Lucas discursa em convenção do PSDB William Sat'Ana / Divulgação

O senador Izalci Lucas (PSDB) reafirmou, neste domingo (3/4), a decisão de concorrer ao Governo do Distrito Federal (GDF) nas eleições de outubro.

O congressista disse que “não há chance alguma” de que a federação firmada entre os tucanos e o Cidadania impeça, de alguma maneira, os planos políticos.

“O Vaticano pode escolher o papa como candidato ao GDF, e mesmo assim eu vou disputar com ele. Nem pelo papa eu desisto. E ele para mim é o santo papa, meu pastor”, disse ao Metrópoles.

Izalci compartilhou um áudio do presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, para reforçar que o Cidadania não dará as cartas na capital da República para as eleições de outubro.

“Primeiro, que os acordos são políticos, está certo? A gente não vai deixar uma deputada federal se sobrepor a um senador da República. Vamos deixar isso claro. Segundo, vale a votação que o partido teve nas eleições de 2018 e a votação de um senador é muito maior que a votação de deputado federal. Então, não há o que deva nos consumir não”, afirmou o cacique tucano ao senador.

 Jogo de xadrez

Recentemente, a deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) anunciou a intenção de se candidatar ao Senado Federal pelo partido.

A congressista, contudo, apoia a possível candidatura do também senador José Antônio Reguffe (União Brasil) ao Governo do Distrito Federal.

Segundo a parlamentar, a permanência dela na legenda se deu após acordo com o comando da sigla, a qual teria garantido que ela daria as cartas nas eleições majoritárias deste ano.

Paula Belmonte é casada com o empresário Luiz Felipe Belmonte, primeiro suplente de Izalci no Senado.

Mais lidas
Últimas notícias