Ceasa-MG reage a vídeo de Bolsonaro: “Abastecimento está normal”

Abastecimento não foi afetado pela crise do novo coronavírus. Presidente compartilhou vídeo que autor diz que o Ceasa está desabastecido

atualizado 01/04/2020 11:41

A Central de Abastecimento (Ceasa) de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte (BH), está abastecendo normalmente – ao contrário do divulgado na manhã desta quarta-feira (01/04) pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Está funcionando normalmente, com exceção de algumas poucas restrições”, informou a presidência do Ceasa, em conversa com o Metrópoles.

O abastecimento, inclusive, não foi afetado pela crise do novo coronavírus. Em nota divulgada no último dia 23, a central informou que restringiu o acesso ao público à unidade de Contagem.

No vídeo divulgado pelo presidente Bolsonaro, em mais um ataque a governadores e prefeitos, um trabalhador diz que está no Ceasa de Minas Gerais e afirma que o local sofre um desabastecimento.

“A culpa disso aqui é dos governadores. Porque o presidente da República está brigando incessantemente para que haja uma paralisação responsável”, explica o autor do vídeo-selfie.

Ao compartilhar o vídeo, Bolsonaro escreveu que fatos e realidades devem ser mostrados e que não interessa apontar os culpados só depois da destruição.

“Não é um desentendimento entre o presidente e alguns governadores e alguns prefeitos”, escreveu Bolsonaro. Veja, a seguir, a postagem original, compartilhada no perfil do próprio presidente.

Últimas notícias