Indian House aposta em comida indiana autêntica, sem adaptações

Na casa indiana, a influência da tradição é tão forte que além de cardápio e ingredientes fiéis, muitos funcionários também são indianos

Indian House. O nome já diz. Mas o dono, Deepak Raykwar, reforça: “Não é um restaurante. House significa casa. Então aqui é uma casa indiana. Aqui você vem, se senta, come, conversa e fica o tempo que quiser.”

Aberta há dois meses na 109 Norte, a casa indiana chama a atenção pela fidelidade do cardápio. Os pratos não são adaptados ao paladar brasileiro — mais fraco para a picância –, e todas as especiarias são importadas da Índia.

Os dois chefs que comandam a cozinha são indianos, especializados na culinária de seu país. Por isso, quem visita o Indian House se depara com diversos tipos de curry, muitas cores no prato, muita castanha de caju e especiarias de cheiro forte e agradável.

1/7
Chicken tikka marsala (frango), chana marsala (grão de bico), aloo capcicum (batata), khir (sobremesa, um tipo de arroz doce), roti (pão), samosa (um tipo de pastel) e salada
São vários tipos de curry em pratos que sempre levam vegetais
A água de rosas servida pela casa
Deepak Raykwar, sempre pronto para tirar dúvidas sobre gastronomia e cultura de seu país
Detalhe da mandala na decoração da casa
As mesas e a paleta de cores é mais escura, remetendo a tons terrosos, amadeirados e marsala
O grão de bico, apesar de bem temperado, é suave e agradável

 

Sabores e aromas
Seguindo a tendência de alimentação indiana, há várias opções vegetarianas no cardápio. Entre os pratos mais consumidos, estão veggie samosa, chicken tikka, paneer butter marsala, chicken biryani, fish curry e jinga curry. O preço médio é de R$ 30, e todo dia há um menu especial para o almoço.

Os sabores são fortes e bem temperados. Ainda assim, é possível sentir o gosto individual de cada elemento da comida, ressaltado pela quantidade certa de pimenta. Porém, Deepak garante que quem não gosta de pimenta basta avisar, para que se reduza a quantidade do ingrediente no prato.

O forte e agradável aroma de especiarias e incensos no ambiente remete às terras orientais. A música, mais suave durante o dia e mais forte durante a noite, também é típica da Índia.

Como há um extenso cardápio de tira-gostos, o Indian House se transforma em bar depois das 18h, quando o movimento aumenta. A casa faz, inclusive, reservas de mesas ou de todo o espaço para festas. Esse serviço já é bem requisitado pelas embaixadas de vários países.

Comida indiana de verdade
Deepak Raykwar chegou ao Brasil em 2013, acompanhando a esposa, brasiliense. Instalado na cidade, o indiano trabalhou durante certo tempo em uma loja de roupas indianas, na 103 Norte.

Ele conta que os clientes muitas vezes o perguntavam mais sobre comida do que sobre as roupas. “Pensei durante um tempo antes de abrir o Indian House. Muita gente queria conhecer a comida indiana de verdade, bem temperada, sem adaptações demais”.

Por isso, hoje, Deepak não apenas serve as pessoas e administra a casa. “Estou sempre andando pelas mesas atento para tirar dúvidas sobre a gastronomia e a cultura do meu país”, conta.

Indian House
109 Norte, Bloco A, Loja 70, (61) 3256-7204. Terça a domingo, das 12h à 0h. Também pelo Facebook.