Filha de Maria Amélia, Renata Dias se especializa em quitutes veganos

Filha da famosa confeiteira Maria Amélia faz coxinha, brigadeiro e até capcakes veganos sob encomenda

Gilberto CordeiroGilberto Cordeiro

atualizado 02/04/2018 18:39

Bombom, brigadeiro, beijinho, bolo red velvet, chocotone recheado, coxinha, trufa… Quem vê o banquete açucarado não imagina que são todas comidinhas veganas. Renata Dias, filha da famosa doceira Maria Amélia, que dá nome à marca Maria Amélia Doces, iniciou negócio de encomendas com quitutes veganos de todos os tipos.

Um dos lemas de Renata é “Desmistificando a ideia de que veganos e vegetarianos só comem salada!”. E é bem mais simples do que parece. A comida vegana é a que não leva nenhum ingrediente de origem animal na composição. Além de carne, não são utilizados ovos, leite nem manteiga nas receitas.

Mas, fazendo as devidas substituições, é possível obter salgadinhos e docinhos tão gostosos quanto os originais. O leite condensado, por exemplo, pode ser feito com soja, ou substituído por leite de coco.

Só ficarei satisfeita quando os não veganos também gostarem. Com esse negócio não quero ser fitness. Já existem inúmeros referenciais saudáveis para os veganos. O meu objetivo é mostrar que há alternativas para enfiar o pé na jaca, e quem gosta de doces não precisa abandonar ou descartar a filosofia do veganismo.

Renata Dias

Gilberto Cordeiro

 

Adaptações das receitas da mãe
E o cardápio é bem variado e extenso. Basicamente, segundo a própria Renata, são adaptações das receitas da mãe dela. Há mais de 15 tipos de salgadinhos diferentes, fritos e assados. Entre eles, a coxinha de jaca, empada de palmito, quibe de soja, risoles com queijo vegano, quiches de alho-poró e bolinhos de aipim. Os preços dependem do tamanho, e variam de R$ 1,50 a R$ 7.

Para os doces, bolos, cupcakes, bombons, brigadeiros, naked cakes, a venda pode ser por quilo, peça ou cento. Os valores variam muito, mas entre os bolos, o preço médio é de R$ 100 o quilo. Entre os docinhos, o preço mais comum é R$ 2,50 a unidade, que tem tamanho aproximado de um bombom industrializado.

O público de Renata não se restringe aos veganos. Ela conta que atende muitos intolerantes à lactose, e que adapta as receitas às necessidades dos alérgicos.

Texturas e sabores mais suaves
Os doces mantêm o sabor que teria qualquer receita não vegana. Algumas texturas são alteradas, como o puxa-puxa do brigadeiro que é mais suave e a aeração dos bolos que é um pouco menor por conta da ausência da manteiga.

Para quem não gosta tanto de doces, é uma boa alternativa. O tempero é ideal, e nos bolos, mais suave ainda. Dá para comer mais de uma fatia sem ficar enjoado. As ganaches leves e aeradas não são gordurosas, contribuindo para que o bolo não tenha sabor tão forte.

Já os brigadeiros, cupcakes e bombons são mais fortes. Esses são bem doces, cheios de chocolate. Duas unidades são suficientes para satisfazer quem tem paladar de formiguinha.

A grande estrela do momento é o vegottone: panetone vegano com recheios de ganache e gotas de chocolate. Tudo é feito por Renata, inclusive a massa. Os vegottones possuem gosto suave nos recheios, massa encorpada e as gotas de chocolate dão o tom do adocidado mais forte. Por encomenda o meio quilo sai a R$ 35, e 1kg a R$ 65.

Gilberto Cordeiro

Vegana desde a infância
Desde os oito anos Renata Dias não come carne. Ela diz ainda estar em processo de adaptação do vegetarianismo para o veganismo, algo que precisa ser feito aos poucos, para manter as necessidades nutricionais do corpo supridas de forma correta.

A própria mãe, Maria Amélia, conta como a filha parou de comer carne: “Estávamos na roça, e ela tinha aproximadamente 8 anos. Eu ia matar uma galinha para fazer frango ao molho pardo. A Renata viu a cena e ficou muito brava, nervosa. Não queria me deixar matar a galinha por nada. Depois desse dia, nunca mais a vi comer carne.”

Renata consente. Apesar de não citar o caso do frango, conta que sempre teve compaixão pelos animais. Ela, inclusive, chegou a cursar medicina veterinária por um tempo, mas sentiu que não era a forma ideal de ajudar os animais.

Gilberto Cordeiro

Talento de mãe para filha
Renata não esconde: a mãe é a grande heroína. A maioria de seus conhecimentos foram adquiridos na prática, com Maria Amélia, pondo a mão na massa.

Ela conta com todo o apoio da mãe, que já tem a marca bem estabelecida no cenário da cidade. Além de dividir as receitas com a filha, ela a auxilia na cozinha para fazer as substituições e acertar as medidas.

“Comecei cozinhando para desestressar, dar uma pausa nos estudos. Mas todo mundo amou e fez o maior sucesso em casa. Recebi apoio, e com o tempo a vontade de transformar isso em um negócio surgiu com naturalidade”, conta.

E com apenas quatro meses de negócio, Renata já pretende abrir um café no estilo pâtisserie, especializado em grãos especiais e doces. Enquanto o tempo não chega, as encomendas continuam a todo vapor.

Renata Dias — Cozinha Vegana
Encomendas pelo FacebookInstagram, 99974-6594 ou e-mail renatadiascozinhavegana@gmail.com. Para pronta entrega, os doces são variados. É bom ligar antes e consultar.

Últimas notícias