*

Você pode não saber, mas deve ter alguns hábitos em restaurantes que são extremamente odiados pela cozinha e pelo salão. Por isso, fizemos um guia para você não ser o cliente chato do restaurante:

Trato com o garçom
O garçom é um colaborador da empresa, porém, muita gente acha que contratou um mordomo. Evite tocá-lo, chamar assobiando ou de qualquer outra forma que só pode ser descrita por meio de onomatopeias.

Waiter GIF - Find & Share on GIPHY

Não alugue seus atendentes
A equipe de salão precisa atender várias mesas simultaneamente, por isso, evite aquelas longas histórias que você gosta de contar ou chamar o garçom antes de decidir o pedido. Já diz a expressão: tempo é dinheiro.

Mudar os pratos
Essa é uma parte sensível. É comum pedir para trocar molhos e acompanhamentos de pratos por não sermos 100% fãs do cardápio. No entanto, isso dificulta muito o trabalho da cozinha. Primeiramente, o salão tem que repassar com calma as alterações ao chef. O cozinheiro precisa alertar a equipe e ter atenção redobrada. Haja paciência!

Angry GIF - Find & Share on GIPHY

Chegar próximo ao fechamento
Limite sua chegada a meia hora antes do fechamento da cozinha, se você chegar às 23:55 em um local que fecha à 0h, toda a equipe, seja cozinha ou salão, vai te olhar torto. A razão é simples, o restaurante não some depois que fecha.

A cozinha encerra à 0h, depois disso, todos os alimentos precisam ser guardados e etiquetados, louças e panelas lavadas e todos os equipamentos, bancadas e chão higienizados, além de listar os pedidos de insumos para o dia seguinte. A equipe de salão também, após a saída do último cliente, guarda as taças, organiza as mesas, fecha o caixa e outros serviços burocráticos.