*

Starbucks, rede de cafeterias norte-americana, sempre focou as operações brasileiras no Rio de Janeiro e em São Paulo. Isso ocorria quando as lojas eram operadas pela própria empresa. O Brasil era a única região da América Latina na qual não existiam parceiros licenciados.

Com a venda das operações para a empresa de investimento SouthRock, a marca pretende fortalecer as operações já existentes e expandir para outras regiões, estando Brasília e a Região Sul na lista de prioridades.

O valor exato da venda não é conhecido, mas fontes do Valor afirmam que se deu entre US$ 80 milhões e US$ 100 milhões. As chances de recebermos parceiros licenciados da famosa rede de cafeterias na capital aumentaram.



 

COMENTE

CafévendaStarbuckscafeteriasouthrock

Leia mais: Beber