Barista Juliana Félix faz vaquinha para disputar mundial de café

Primeira mulher a vencer o Campeonato Brasileiro de Aeropress, a goiana de Nova Crixás (GO) vai representar o país no torneio internacional

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 15/09/2019 17:12

A mais nova campeã de aeropress do Brasil mora em uma cidade que não tem cafeterias voltadas para o café especial: Juliana Félix saiu de Nova Crixás (GO) para tentar a sorte no Campeonato Brasileiro da modalidade, que aconteceu de 5 a 8 de setembro em Blumenau (SC). A jovem de 26 anos passou por uma odisseia até chegar ao topo e se tornar, não só a única mulher a vencer o torneio, mas também a primeira campeã de um estado fora das regiões Sul e Sudeste.

Divulgação
Juliana em apresentação no Campeonato Brasileiro de Aeropress

Para chegar à cidade catarinense, a moça trilhou um longo caminho: no final de 2016, abandonou o trabalho com tecnologia de informação e no ano seguinte começou um mochilão pelos principais polos consumidores de café especial no Brasil – à época, São Paulo, Belo Horizonte e Curitiba. Durante sua passagem pela capital mineira, soube do campeonato, que aconteceu em Espera Feliz, no sítio Santa Rita, e foi assistir ao torneio.

Depois de uma tentativa frustrada de entrar para o Campeonato de 2018, Juliana conseguiu uma das 27 vagas para a disputa de 2019. As inscrições, feitas on-line, esgotaram-se em 12 segundos.

Sem dinheiro para chegar a Blumenau, ela começou um financiamento coletivo na internet, mas não recebeu uma doação sequer. A goiana foi para o Plano B e passou a vender brigadeiros de café especial em sua cidade. Em uma semana batendo perna pelas ruas de Nova Crixás, ela conseguiu dinheiro para passagens e despesas básicas. Rumou a São Paulo para treinar com o amigo Rafael Bosco, que entrou para o Campeonato como técnico dela.

Divulgação
Juliana comemora ao descobrir que é a atual campeã nacional de aeropress

Questionada se imaginava atingir o pódio, Juliana não tem falsa modéstia. “Eu não ia fazer esse esforço todo para chegar e brincar. Acreditei muito, sei que se não tivesse arrumado essa grana, teria pedido carona na estrada. Por acreditar demais, visualizei minha capacidade de chegar em primeiro”, comenta a jovem, que não disfarça a emoção ao lembrar do momento em que sua vitória foi anunciada no microfone. “Foi um arrepio. Passou toda a cena na minha cabeça, eu vendendo brigadeiro, andando no sol quente. Todo o esforço que fiz até agora valeu a pena”, comemora.

O Campeonato de Aeropress é mais novo e menos formal que as outras competições de baristas pelo mundo. O candidato não precisa falar durante a apresentação, e a disputa acontece em formato de torneio: de cada chave com três competidores, o melhor café avança para a etapa seguinte até a final, que define o pódio. Depois das copas nacionais da modalidade, acontece o mundial, que recebe os vencedores de cada país para disputar a vaga de melhor do mundo. Juliana Félix é a quinta campeã de aeropress brasileira.

Londres

Com a aeropress dourada nas mãos, o próximo passo é treinar para representar o país no Campeonato Mundial, que acontece em novembro na capital inglesa. Na equipe de técnicos de Juliana, está ninguém menos que Eystein Veflingstad, o mestre de torra, que organiza o torneio no Brasil. Para a próxima etapa, a expectativa não é nem o pódio. “Eu quero o primeiro lugar. É muito sangue no olho. E café no sangue”, comenta.

Quero passar alguns dias na Europa, ir a cafeterias, fazer um networking, um intercâmbio mesmo. Me sinto honrada em sair do país pela primeira vez para representar a cena do café brasileiro. Eu nem sei se dá para descrever essa sensação

Juliana Félix, campeã brasileira de aeropress

A organização do mundial dá ao competidor as passagens e três dias de hospedagem, mas Juliana quer aproveitar a primeira viagem internacional para buscar conhecimento e contatos em cidades europeias com cenas efervescentes de café especial, como Barcelona e Berlim. Para isso, vai organizar outra vaquinha para custear esse novo mochilão. Quem quiser contribuir pode depositar diretamente na conta:

NuBank
Agência 001
Conta 9492583-1
Filipe Barsan Suzin
CPF: 026.830.221-90

Últimas notícias