7 bares para visitar em Belo Horizonte até o fim do ano

A seleção é uma boa aposta para quem mora na cidade, mas também para os que vão dar uma fugidinha nos feriados e finais de semana

atualizado 21/10/2021 20:09

pessoas brindandoFoto: Freepik

Minas Gerais é conhecida pelas receitas brasileiras e afetivas, como pão de queijo, frango com quiabo e tutu de feijão. Mas não é só isso. Belo Horizonte (BH), capital do estado, também é uma referência quando o assunto são bares. 

Entre botecos e bares, a cidade oferece opções para noites divertidas regadas a bebidas geladas e bons petiscos. Então se você mora em BH ou está planejando uma escapadinha no próximo feriadão, ou até fim de semana, esse roteiro precisa estar com você. 

0

O Metrópoles listou sete bares em Belo Horizonte para visitar ainda este ano. Afinal, agora as casas da cidade podem funcionar sem restrição de horário. Confira a seleção e comece a programar essa viagem gastronômica.

Agosto Butiquim

Com o slogan “muito mais que um bar, um lugar”, o endereço entrega um espaço colorido e aconchegante. Mas também pratos que podem ser uma experiência bem mineira no bar, como pastel de angu (R$ 32,90) e quiabo na manteiga (R$ 24,90), que pode parecer estranho para alguns, mas é sucesso na casa. A carta de bebidas oferece drinques clássicos e a boa e velha cerveja gelada, para agradar a todos os paladares. 

Baiana do Acarajé

Considerado um pedacinho da Bahia em Minas Gerais, a casa é uma atração para quem aprecia os sabores baianos. Por lá, o carro-chefe está no nome da casa, o acarajé (a partir de R$ 14,90), que é servido com vatapá, vinagrete e camarões. O endereço conta ainda com diversas receitas feitas com camarão, como as versões no abacaxi e na moranga. 

Bar Ideal

Com um nome tão sugestivo, o espaço garante um lugar no roteiro gastronômico de BH. O Bar Ideal aposta em pratos, como a feijoada (a partir de R$ 37,60), e petiscos, como o Combo americano (R$ 94,30): batatas fritas, ribs ao barbecue, asinhas de frango e aneis de cebola. Na lista de bebidas, o chopes são as indicações da casa. Ao todo, são quatro opções, que incluem o Brahma (a partir de R$ 9,50) e o Wäls session citra (R$ 13,80). 

Da Boca

O mercado é uma das principais apostas da noite belo-horizontina. Com quatro endereços pela cidade, o Da Boca reúne diferentes empreendimentos em um mesmo espaço e oferece um passeio entre a culinária de boteco e uma cozinha ítalo-brasileira. Entre as receitas da casa está o Croquete de costela recheado com requeijão da roça (R$ 30) da Mercearia 130. O prato pode ser combinado com o Janela lateral (R$ 25), drinque feito com cachaça, vinho tinto, espuma de gengibre, suco de limão e xarope orgânico. 

Mercado Novo

Na mesma linha do Da Boca, o espaço reúne diferentes empresas que entregam variedade aos clientes. Por lá, as bebidas variam e prometem agradar quem ama chope, mas também os fãs de vinho. Na lista estão casas como Gira Vinho, Carimbó, Lamparina e Cervejaria Viela. Basta escolher o que mais combina com seu gosto!

Redentor 

Na esquina da Rua Fernandes Tourinho, o bar entrega receitas como o Jabá porta-bandeira (R$ 49,90). O preparo combina carne seca desfiada com farinha baiana e cebola, tudo acompanhado de manteiga de garrafa. Na mesma linha de petiscos estão o bolinho de aipim com carne seca (R$ 33,90) e o joelho de porco (R$ 59,90), acompanhado de chucrute, batatas rústicas e mostarda escura. Para combinar, a casa tem o próprio chope, que sai a R$ 18,90 no growler de um litro. 

The House – Food & Fun

Esse bar é para quem quer muito mais que um espaço para beber uma gelada. Mas principalmente para os fãs de séries e filmes. A casa é temática e oferece drinques como Laranja Mecânica 2.0 (R$ 31), que leva uísque, laranja e Aperol; e Drink me (R$ 22), combinado de vodca, doce de leite, baunilha e espuma de gengibre e com uma referência à Alice no País das Maravilhas. Além disso, oferece um espaço instagramável com direito a sofá de Friends, barril do Chaves e bagagem de Harry Potter atravessando a plataforma 9 ¾.

Mais lidas
Últimas notícias