Paredão espanhol faz a diferença e Brasil perde no handebol feminino

Aos 42 anos, a arqueira Silva Navarro fez a diferença com 18 defesas e levou Brasil à primeira derrota na competição

atualizado 29/07/2021 0:44

Dean Mouhtaropoulos/Getty Images

Brasil e Espanha fizeram um jogo duro e equilibrado durante a maior parte do jogo no futebol feminino. No entanto, as Leoas brasileiras pararam na experiência da goleiro Silvia Navarro, de 42 anos, que terminou a partida com 18 defesas, levando a Espanha à vitória por 27 x 23.

Essa foi a primeira derrota das meninas do handebol na competição — a Seleção venceu a Hungria e havia empatado com a Rússia. Os dois próximos jogos são contra Suécia e França. Os seis times jogam entre si e os quatro primeiros avançam às quartas.

O Brasil até começou melhor, mas desperdiçou muitas oportunidades, que paravam no peito de Silvia Navarro. A número 10 da Espanha, Elisabet Cesario, chegou a ser expulsa após uma trombada forte em Bruna. Com uma jogadora a mais durante dois minutos, o Brasil não soube aproveitar a vantagem e permaneceu atrás no placar.

Vídeos
Últimas notícias