Testemunhas relatam que PM provocou Leandro Lo antes de briga

O policial militar, suspeito de assassinar o campeão mundial de jiu-jítsu Leandro Lo, teria provocado o atleta duas vezes antes da briga

atualizado 10/08/2022 14:08

Leandro Lo foi campeão mundial meio pesado em 2022 e campeão mundial peso leve, em 2012 Reprodução/Instagram

Testemunhas ouvidas pela Polícia Civil afirmam que o campeão mundial de jiu-jítsu Leandro Lo foi provocado mais de uma vez pelo policial militar Henrique Otávio Oliveira Velozo antes de ser morto com um tiro na cabeça na madrugada de domingo (7/8).

O site Uol teve acesso a documentos do inquérito da 16ª Delegacia de Polícia. Uma das testemunhas presente na hora do assassinato revelou, nos autos, que Velozo provocou o atleta antes de pegar uma garrafa de uísque e ser imobilizado por Lo.

O depoimento de um amigo do campeão mundial relata que o policial abordou Leandro e colocou copos vazios em suas mãos, o que foi visto como uma provocação. O lutador ficou incomodado e relatou a sensação ao amigo.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Logo depois deste ato, Velozo voltou à mesa de Leandro, pegou uma garrafa de uísque e a ergueu, algo que foi visto como uma “nítida provocação” ao lutador. Testemunhas contam que Lo derrubou o PM e se posicionou sobre o peito do policial.

“O autor [Henrique Velozo], após se levantar, caminhou alguns metros em sentido oposto ao de Leandro, dando indícios de que a desavença havia cessado e que deixaria o lugar, todavia, de maneira brusca e inesperada, sacou uma arma de fogo que levava consigo sob suas vestes, presa ao cós de sua calça, voltou-se para a vítima e disparou contra a sua face, alvejando-a na testa”, declara o relatório da polícia, descrevendo o relato de uma das testemunhas.

Outra pessoa que também estava no local informou que o PM ainda deu dois chutes na cabeça de Leandro Lo após o tiro. “O autor, de forma súbita, sacou a pistola que carregava na cintura e efetuou um disparo contra a testa da vítima, que, mesmo inconsciente, levou dois chutes do algoz na cabeça, o qual se evadiu em direção ao palco”, descreve o relatório.

Quem era Leandro Lo

Leandro Lo conquistou o Campeonato Mundial de jiu-jítsu oito vezes, por cinco categorias diferentes, além de outros oito títulos no Pan-Americano e Campeonato Brasileiro. Ele estava em meio à preparação para outro campeonato que disputaria na próxima sexta-feira (12/8), em Austin, Texas, nos Estados Unidos.

Lo nasceu no dia 11 de maio de 1989, na Zona Oeste da capital e iniciou em seu esporte preferido com 14 anos, sob a tutela do professor Cicero Costha, no Projeto Social Lutando pelo Bem. Foi ali que alcançou a sua faixa preta, mas já competia antes mesmo da especialização.

Ele teve 268 vitórias e apenas 39 derrotas, sendo somente 10 delas por finalização. Na Copa Pódio, manteve uma invencibilidade por dois anos, entre 2011 e 2013. Recentemente, o lutador postou em suas redes sociais celebrando o aniversário de sua primeira conquista mundial, em 2012, após conquistar mais uma vez o topo do planeta neste ano.

“O primeiro [título] é a sensação de conseguir ser campeão mundial, esse foi eu ainda consigo ser campeão mundial, as duas melhores sensações da minha vida. Obrigado todos que estão sempre comigo na alegria na tristeza!”, postou Lo.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias