Russo assume topo do ranking mundial de tênis com derrota de Djokovic

Daniil Medvedev assumiu primeiro lugar no ranking com queda do sérvio nas quartas do ATP de Dubai

atualizado 24/02/2022 19:12

Medvedev se irritou com árbitro durante semifinal contra Stefanso Tsitsipas, pelo Australian Open Graham Denholm/Getty Images

O ranking da ATP tem um novo número um. Daniil Medvedev assegurou o topo do tênis nesta quinta-feira (24/2) com a eliminação de Novak Djokovic nas quartas de final do ATP de Dubai. Assim, o russo se torna apenas o segundo tenista nos últimos 18 anos a liderar o ranking sem ser o Big Three: Rafael Nadal, Roger Federer e o próprio Djokovic. O último havia sido o britânico Andy Murray, em 2016.

Campeão do Aberto da Austrália em 2021, Djokovic não competiu na edição desse ano,devido às polêmicas envolvendo a sua decisão de não se vacinar contra a covid-19, e não pode defender seu primeiro lugar no ranking. O sérvio só não foi ultrapassado porque Medvedev acabou derrotado na final por Nadal, em um dos maiores jogos da história.

Mas a ascensão do russo era questão de tempo. Nessa semana, Medvedev optou por disputar o ATP de Acapulco, enquanto Djokovic competiu no ATP de Dubai. Com isso, para assumir a liderança no ranking, bastava a Medvedev alcançar o mesmo resultado do sérvio, o que de fato aconteceu. Classificado para as quartas de final, o russo conquistou o posto de número 1 com a eliminação de Djokovic para o tcheco Jiri Vesely.

Com derrota de 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 7/6, o sérvio deixa o topo do ranking após 84 semanas consecutivas, o recorde na categoria. Vesely, algoz de Nole, também teve o que comemorar: o Tcheco nunca foi derrotado por Djokovic. Os tenistas se enfrentaram duas vezes, em Monte Carlo, 2016, e agora em Dubai, 2022.

“Ontem depois do jogo eu brinquei que não queria manchar meu histórico contra o Djokovic, mas não esperava ganhar de novo. Acho que é ótimo para o tênis ter alguém novo no topo”, afirmou Vesely.

Assim, Medvedev se torna apenas o 27º tenista da história a liderar o ranking do tênis mundial, além de ser apenas o terceiro russo a conquistar o feito. Antes dele, apenas Yevgeny Kafelnikov(1999) e Marat Safin (2000/2001) alcançaram essa marca Outra curiosidade, e também um recorde, é que Medvedev se tornou o número 1 mais alto de todos os tempos: com 1,98 m, ultrapassou os 1,96 m de seu compatriota, Safin.

Medvedev vem tendo uma carreira meteórica até aqui, conquistando posições no ranking mundial e fazendo duelos importantes com o “Big Three”. Em 2021, conquistou o Aberto dos Estados Unidos em cima do, até então, número 1 do mundo, Novak Djokovic. Também acumula o ATP Four Finals, em 2020, como um importante título em seus 26 anos.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias