Nick Kyrgios é acusado de violência doméstica contra ex-namorada

Kyrgios se prepara para enfrentar o chileno Cristian Garín nas quartas de final de Wimbledon e deve comparecer a um tribunal em agosto

atualizado 05/07/2022 13:10

O tenista australiano Nick Kyrgios e a ex-namorada Chiara Passari - MetrópolesReprodução/Instagram

O tenista australiano Nick Kyrgios foi intimado a ir a um tribunal de Canberra, capital da Austrália, após supostamente ter agredido uma ex-namorada no final de 2021. A informação é do jornal Canberra Times e afirma que Kyrgios terá de comparecer a uma audiência em agosto.

“A ACT Policing pode confirmar que um homem de 27 anos de Watson está escalado para enfrentar o Tribunal de Magistrados da ACT no dia 2 de agosto em relação a uma acusação de agressão comum após um incidente em dezembro de 2021”, informou a polícia local na tarde desta terça-feira (5/7).

A acusação pode levar a uma pena máxima de prisão de dois anos. O caso está relacionado a uma alegação de que o tenista teria agarrado a ex-parceira Chiara Passari.

O advogado de Kyrgios, Jason Moffett, confirmou que já está ciente do assunto, assim como seu cliente já foi informado sobre a acusação. “É no contexto de um relacionamento doméstico”, disse Moffett ao periódico australiano.

Nesta quarta-feira (6/7), o atleta disputa as quartas de final de Wimbledon contra o chileno Cristian Garín.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu celular? Entre no canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!

Mais lidas
Vídeos
Comprar ingresso para o jogo (Cruzeiro contra Chapecoense)
Últimas notícias