Técnico do Brasil na Rio-2016 é banido por abuso sexual

George Morris, considerado uma "lenda" do hipismo, treinou a equipe brasileira nas olimpíadas e está banido pra sempre do esporte

COB/Divulgação

atualizado 21/11/2019 12:07

O treinador norte-americano George Morris foi banido do esporte para toda a vida nos Estados Unidos. Considerado uma “lenda” do hipismo, o treinador da equipe brasileira de saltos nos Jogos do Rio 2016 e responsável por deixar Rodrigo Pessoa fora da última Olimpíada, Morris foi punido com base em denúncias de que ele abusou sexualmente de menores de idade nos anos 1960 e 1070.

A federação de hipismo dos Estados Unidos julgou uma apelação feita por Morris na terça (19/11/2019) e, no mesmo, dia, publicou a decisão de banimento.

“Não importa o tamanho de uma figura no esporte ou a idade das acusações, ninguém está acima da responsabilidade. Os atletas e outros participantes do esporte devem ter o poder de defender o que é certo e falar contra o que eles sabem estar errado”, argumentou Ju’Riese Colon, chefe-executiva do Center for SafeSport.

Vídeos
Últimas notícias