Quatro pessoas são presas após ofensas racistas na final da Eurocopa

Investigações levaram a prisão de pessoas que ofenderam de maneira racista Jadon Sancho, Marcus Rashford e Bukayo Saka pelas redes sociais

atualizado 15/07/2021 14:55

Jogadores da Inglaterra alvos de racismoFacundo Arrizabalaga - Pool/Getty Images

A unidade de polícia de futebol da Inglaterra (UKFPU) prendeu nesta quinta-feira (15/7) mais quatro pessoas  que ofenderam de forma racista os jogadores Jadon Sancho, Marcus Rashford e Bukayo Saka após a final da Eurocopa. A notícia é do portal “GE’.

Logo após as ofensas serem publicadas nas redes sociais, o departamento especializado da polícia inglesa começou as investigações , que já prenderam um outro homem em Manchester na quarta-feira (14/7) pelo mesmo motivo.

Os jogadores acabaram perdendo as cobranças de pênalti na decisão, que acabou com a Itália como campeã. Assim que as ofensas vieram à tona, reações em apoio aos jogadores começaram a surgir. A Federação Inglesa, a Uefa e o prefeito de Londres, Sadiq Khan, se manifestaram prestando solidariedade aos jogadores e condenaram o comportamento racista dos torcedores.

O primeiro-ministro inglês, Boris Johnson, declarou nesta semana que ofensas em redes sociais podem entrar nas punições de torcedores, que poderão ficar impedidos de frequentar estádios por um período de três a até 10 anos, dependendo da gravidade.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias