NFL: 49ers param Rodgers e disputarão Super Bowl contra o Chiefs

O destaque da partida foi o running back Raheem Mostert, que anotou quatro touchdowns e 220 jardas corridas

Thearon W. Henderson/Getty ImagesThearon W. Henderson/Getty Images

atualizado 20/01/2020 0:10

No draft de 2005, o San Francisco 49ers poderia ter escolhido Aaron Rodgers para ser seu quarterback, mas a franquia decidiu selecionar Alex Smith, motivando Rodgers a dizer que seu time de infância se arrependeria pela decisão. Pois ainda não foi neste domingo (19/01/2020) que o camisa 12 conseguiu sua vingança.

Jogando em sua casa, no Levi’s Stadium, o San Francisco 49ers fez uma primeira metade de partida primorosa, abrindo 27 x 0 no placar, com uma excelentes atuações defensivas e por parte do running back Raheem Mostert. Aaron Rodgers e os Packers até tentaram uma reação, tímida, mas, no fim, o time do treinador Kyle Shanahan e do QB Jimmy Garoppolo conseguiu a vitória por 37 x 20 e disputará o Super Bowl contra o Kansas City Chiefs que, mais cedo, venceu o Tennessee Titans.

Apesar dos números modestos de Jimmy Garoppolo, Raheem Mostert teve 220 jardas corridas em 29 corridas, totalizando impressionantes quatro touchdowns.

Com a vitória, Kyle Shanahan e Mike Shanahan se tornam a única dupla de pai e filho a disputar o Super Bowl como treinadores (Mike Shanahan foi campeão duas vezes com o Denver Broncos).

O Super Bowl acontece no dia 2 de fevereiro, em Miami. Este será o sexto Super Bowl disputado pelo San Francisco 49ers e o segundo do Kansas City Chiefs. As equipes têm cinco e um título da NFL, respectivamente. A equipe da Califórnia é a terceira maior vencedora da liga e, caso consiga o título, se igualará a New England Patriots e Pittsburgh Steelers, entre os maiores ganhadores.

Últimas notícias