Nadadora brasileira desmaia após revezamento no Mundial Paralímpico

Carinhosamente chamada de Joaninha, ela foi a responsável por encerrar a prova mista 4x50 metros medley do time brasileiro

Reprodução/TwitterReprodução/Twitter

atualizado 11/09/2019 10:32

O Brasil ficou sem medalhas no segundo dia de provas do Mundial Paralímpico de natação. Porém, a maior preocupação da delegação brasileira nesta terça-feira (10/09/2019) foi o desmaio da nadadora Joana Neves.

Carinhosamente chamada de Joaninha, ela foi a responsável por encerrar o revezamento misto 4×50 metros medley do time brasileiro. O esforço pela medalha foi tão grande que a nadadora, de apenas 1,23m, desmaiou ao sair da piscina. Após o susto, porém, o Comitê Paralímpico afirmou que ela passa bem. Também nesta terça, Joaninha nadou os 200m livre S5 e ficou em sétimo.

A equipe brasileira composta por Daniel Dias, Roberto Rodriguez, Esthefany Rodrigues e Joaninha terminou o revezamento na quinta colocação (2min46s41). Essa era a prova do dia que o Brasil mais tinha chance de medalhar, mas faltou pouco.

“A gente queria uma medalha, mas o revezamento tem grandes equipes. O revezamento também é uma grande oportunidade de mostrar a união do grupo e como o país está forte. Poder nadar com eles é muito bom”, avaliou Daniel Dias.

Últimas notícias